16/02/2016

O que é o ginandromorfismo bilateral?


O ginandromorfismo bilateral é uma condição genética rara ocorrente nos insectos, aracnídeos, crustáceos e aves, onde uma combinação estranha de material genético divide uma criatura perfeitamente ao meio - macho de um lado e fêmea do outro.

Nos insectos o mecanismo é bem compreendido. Uma mosca com cromossomas XX será uma fêmea: todavia, quando um embrião perde um cromossoma Y continua a desenvolver-se no que parece ser um macho adulto, embora estéril.

Pensa-se que o ginandromorfismo bilateral ocorre quando dois espermatozóides entram num único óvulo: um desses espermatozóides funde-se com o núcleo do óvulo e um insecto fêmea forma-se, enquanto o outro espermatozóide desenvolve-se despojado do conjunto de cromossomas dentro do mesmo óculo. Deste modo, tanto um macho como uma fêmea desenvolvem-se no mesmo corpo.

Existem várias teorias respeitantes desse fenómeno noutros animais, como no caso das aves. Alguns sugerem que o ginandromorfismo bilateral ocorre quando dois embriões separados unem-se no início do desenvolvimento - precisamente o oposto de gémeos idênticos, em que um embrião separa-se em dois.
Outra hipótese é que o ginandromorfismo em aves ocorre quando os cromossomas sexuais são incapazes de separar-se na primeira divisão celular após a fertilização.
Outros ainda teorizam que o erro acontece na formação do próprio óvulo, em que este fica acidentalmente terminado e transporta dois cromossomas de cada um dos sexos (do pai e da mãe), em vez do único conjunto de cromossomas. Se um óvulo com estes factores for fertilizado por dois espermatozóides, o embrião resultante conterá algumas células ZZ e algumas células ZW (as aves do sexo feminino têm cromossomas ZW e os machos têm ZZ).

O ginandromorfismo nem sempre fica com uma divisão perfeita: há situações em os animais podem ter uma colcha de retalhos de diferentes células espalhadas por todo o corpo.

P. dardanus ginadromórfica bilateral: o lado direito é maioritariamente o padrão do sexo feminino e o lado esquerdo é masculino.



Fonte: IFLScience.
Imagens | Fonte

Sem comentários:

Enviar um comentário