24/10/2016

Livros que ensinam os direitos dos animais para as crianças

Outrora desconsiderados e desvalorizados, os animais e os seus direitos passaram a ser um dos assuntos mais ensinados e transmitidos para as crianças, o que revela o crescimento da consciência vegana dentro do universo infantil. Ruby Roth é considerada a pioneira dos livros sobre veganismo para os petizes, sendo que ela não está mais sozinha nesta luta pacífica: por cá também já se afirma a importância deste empoderamento moral com obras inseridas no mesmo contexto.

Aos especistas ferrenhos, que acusam a protecção dos animais como uma modinha chata, preparem-se: a próxima geração vai ser mais batalhadora, mais dedicada e mais chata ainda!





Autoria: Bárbara Magalhães
Ilustração: Tânia Bailão Lopes

O sonho de Bárbara Magalhães transformou-se em realidade com este bonito livro. Lexy acompanha-nos nesta explicação divertida e informativa sobre o veganismo e ajuda-nos a compreender a importância dos direitos dos animais e a relação de respeito que devemos ter para com eles.


"Escrevi-o [o livro] com dois objectivos:

Mostrar aos mais novos que não estão sozinhos! Mesmo que em casa da avó, dos primos ou na escola vejam que todos comem diferente de vocês, há muitas outras crianças, adultos e famílias inteiras, pelo país e pelo mundo, que comem como vocês!! 
Dar aos adultos ferramentas diversas para facilitar uma caminhada que nem sempre é fácil, especialmente no início! Para ajudar os que já são veganos acérrimos e os que não o são, mas que tentam compreender e dar o melhor que podem, no meio da vida que têm."

O livro encontra-se em pré-venda e tem vários packs à escolha:

Pack Mirtilo — Livro + íman = 12,50€
Pack Laranja — Livro + boné + íman = 19,50€
Pack Cenoura — Livro + t-shirt + íman = 22,50€
Pack Melancia — Livro + t-shirt + boné + íman = 27,50€

O íman é oferta em todas as opções. Para ver os packs clique aqui.
Contacto para pedido de informação e/ou de encomenda — lexyvegano@gmail.com





Autoria e ilustração: Tânia Bailão Lopes


Num país que insiste na continuidade de práticas tão bárbaras, é fundamental explicar às crianças que determinadas acções humanas são erradas, mesmo estando legalizadas. Tânia Bailão Lopes, que deu vida ao livro de Bárbara Magalhães com as suas maravilhosas ilustrações, lançou um livro precisamente com esse propósito:

"Há muito que defendo o respeito e a justiça, tantos pelas pessoas como pelos animais. Desde que me lembro, sempre questionei a razão pela qual as pessoas gostam de touradas. Percebi que, na maior parte das vezes, este gosto é incutido pela família, sendo sinónimo de festa. Acho muito bem que as pessoas sejam felizes, mas sou da opinião de que os bichos não devem ser torturados em prol da satisfação humana.

A lei mudou, e agora há penalizações para quem maltrata animais de companhia, mas os outros, touros e tantos outros, ficaram de fora… Penso que todas as formas de vida devem ser respeitadas, e, infelizmente, as touradas são muitas coisas, excepto sinónimo de respeito para com touros e cavalos.

Algo que muito me choca é quando crianças são levadas a assistir (e até a participar) em tal evento.



Este livro conta a história de Romeu, um touro pinga-amor, muito meigo e amigo de todos, que certo dia é levado para uma tourada. O que irá acontecer? Conseguirá o nosso touro conquistar os corações dos toureiros?"

O livro pode ser adquirido através da Briza Editora, FNAC Leiria, Livros & Companhia, Centro Vegetariano, Mamã Natura ou contactando a autora. O PVP é 12,50€.
Os direitos de autor revertem, na totalidade, para causas de apoio aos animais.




Manel é um cão cheio de amor para dar! 
Em pequenino foi oferecido como prenda de Natal, mas nas férias a família acabou por o abandonar… 
Será que Manel vai conseguir encontrar a felicidade?  Toda a envolvência da história apela ao amor e pretende sensibilizar miúdos e graúdos para a necessidade de respeito pelos nossos amigos, sempre fiéis.

Da mesma autora e ilustradora da história do touro Romeu, o Manel nasceu para mostrar que os animais não são objectos e que não devem ser descartados quando bem nos apetece.


Apesar de ser crime, milhares de animais continuam a ser abandonados em Portugal todos os anos: com canis e associações sobrelotadas, só uma minoria tem a sorte de conseguir um novo lar. Adoptar em vez de comprar, esterilizar/castrar e denunciar casos de abandono são algumas das pequenas coisas que podemos fazer para ajudar na diminuição deste flagelo que sacrifica tantos corações cheios de amor para dar.

O livro vai ser lançado neste mês e tem a Briza como editora.

3 comentários:

  1. o do romeu deve ser lindo , tenho 21 anos e adorava compra lo só para mim . é mesmo muito importante consciencializar as pessoas , eu não sou vegan nem vegetariana porém ando numa dura batalha para reduzir o meu consumo de carne, ou seja aos poucos (passos mesmo de caracol ) tento reduzir a carne , até o meu corpo um dia se habituar assim .
    Beijinhos ♡ O Olhar da Marina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Marina,

      Um bom aliado para ajudar a reduzir/cortar no consumo de animais é um livro de receitas veganas. Actualmente já há imensos à venda, é só escolher :) Visita também este site, é muito informativo e com certeza vai ajudar-te.

      Beijinho*

      Eliminar
  2. Acho ótimo que se comece a normalizar este assunto para as crianças, até porque elas são, por "natureza" (não gosto de usar esta palavra neste contexto, mas neste caso faz algum sentido) mais inclinadas a concordar sem reservas com os princípios do veganismo.

    Que pena já não ter crianças pequenas na minha vida, ou este Natal iam todas corridas a esses livros :P

    ResponderEliminar