01/04/2017

APELO — Petição pela abolição do transporte de animais vivos para países fora da União Europeia

"Pensei mais de uma vez que, quando se trata de animais, todo o homem é um nazista."
Isaac Bashevis Singer, escritor judeu-americano


Assinem e partilhem


A crise do sector agro-pecuário levou a negociações internacionais para que animais fossem transportados vivos de Portugal até ao Norte de África e Médio Oriente. Desde 2015, aves, caprinos, ovinos e bovinos passam por um inferno que é-nos invisível:

• Só em 2016, de acordo com a Israel Against Live Shipments, 44347 bezerros e 23678 cordeiros foram enviados para Israel a partir do porto de Setúbal e de Sines. Estes números não incluem os animais que são enviados para Marrocos;
• Tratados como meras mercadorias, os animais sofrem bastante ao longo da penosa "viagem", tanto fisicamente como psicologicamente: empacotados num espaço que mal permite o mais pequeno movimento, o stress, a fome e a sede (não são alimentados e dessedentados até chegarem ao destino) perseguem-nos continuadamente. Alguns deles não aguentam e acabam por sucumbir pelo caminho;
• Chegados ao destino, são encaminhados para o matadouro e sujeitos a rituais kosher e halal, sendo todo o sangue drenado, após um golpe no pescoço, enquanto ainda estão conscientes e vivos. O documentário Earthlings mostra o processo desse tipo de abate;
• O número de animais vivos que são transportados para o estrangeiro tem aumentado: em 2016, as exportações do sector pecuário subiram 32% face a 2015. Só as exportações de bovinos cresceram 85%.


Exportação de animais vivos da União Europeia para Israel (Compassion In World Farming)


Enquanto esta barbaridade permanece legal e continuamente normalizada, actos de compaixão são tratados como crime. O caso mais famoso é o de Anita Krajnc, uma activista que foi presa por dar água a porcos sedentos a caminho de um matadouro. A co-fundadora arriscou-se a uma pena de dez anos por um simples gesto de empatia. Em 1995, Jill Phipps protestava contra a exportação de animais vivos no Aeroporto de Coventry, em Baginton, quando foi fatalmente esmagada pelas rodas do camião que transportava os animais. 

Não apoiem acções especistas, redutoras e indiferentes como esta: assinem e partilhem a petição contra este autêntico pesadelo.

Mais informações sobre os problemas do transporte de animais vivos aqui.

Iniciativa da PATAV (Plataforma Anti-Transporte de Animais Vivos)


Fotografia: We Animals

2 comentários:

  1. Depois te ver esse seu post preciso muito fazer um alertando as pessoas sobre isso também, eu tenho uma paixão enorme por animais.
    Seu blog é maravilhoso.

    http://eduardo-giannotti.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar