16/06/2018

O Luxemburgo é o 10.º país europeu a banir a indústria de peles


Mais uma chapada na cara da exploração animal: o Luxemburgo é a décima nação europeia a proibir as quintas de produção de peles, juntando-se a países como a Croácia, República Checa, Noruega e Alemanha.

Esta decisão levou dois anos a ser trabalhada para ser atingida, assentando numa nova lei baseada no pressuposto de que os animais “são seres vivos sencientes com um sistema nervoso e especificamente capazes de sentir dor e outras emoções”, incluindo “sofrimento e agonia”. A lei foi primeiramente proposta em Maio de 2016 pelo Ministro da Agricultura, Fernand Etgen, e terá efeito a partir de Outubro deste ano. Etgen apresentou esta lei para assegurar “a dignidade, a protecção da vida, a segurança e o bem-estar dos animais”:

A legislação de bem-estar animal exige uma profunda reforma por causa do que os avanços científicos revelaram sobre os animais e por causa da mudança na forma como os animais são vistos pela sociedade humana.

Corroborando, o Conselho do Governo de Luxemburgo afirmou:

Os animais não são mais considerados como uma coisa, mas como seres vivos não-humanos dotados de sensibilidade e possuidores de certos direitos.


Apesar do país não ter nenhuma fazenda de criação de animais para peles, a medida visa proibir qualquer instalação do género. Fora da Europa, outros países também estão a impor proibições e restrições duras: o Japão acabou com as fazendas de produção de vison e a Índia interdita a importação de certos tipos de peles, como de repteis, marta, foca, raposa e chinchila. São Francisco foi a primeira cidade norte-americana a proibir o comércio de peles, com São Paulo a seguir o exemplo e a proibir a criação de animais para extracção de peles.

Assim como as outras formas de exploração animal, a indústria de peles implica o sofrimento e assassinato de milhões de animais por ano. Na União Europeia, temos a Dinamarca como uma das maiores produtoras de peles do mundo e a Polónia como o segundo país com mais fazendas de peles e o terceiro maior produtor mundial de pele de raposa. Os animais criados para esta finalidade são asfixiados, electrocutados por via anal ou vaginal, esfolados vivos ou têm as suas línguas cortadas para sangrarem até à morte.



Notícia via Fur Free Alliance

Imagem 1: LIVEKINDLY
Imagem 2: Fur Free Alliance

17 comentários:

  1. Isso é uma ótima notícia! Aos poucos e poucos estamos a chegar lá :)

    ResponderEliminar
  2. Quem quer saber notícias das boas vem ao blog da Mel =D
    P.S.: Continuo aqui, embora mais silencioso. Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Tão bom ler isso! Que mais países continuem a seguir o exemplo. <3

    ResponderEliminar
  4. Love your post dear! If you want you can check out my blog.I write about fashion, beauty, and lifestyle.Maybe we can follow each other and be great blogger friends!



    http://herecomesajla.blogspot.ba/

    ResponderEliminar
  5. Que bom, uma notícia excelente =)
    Beijinhos,
    https://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  6. Fico tão feliz!

    https://quase-italiana.blogspot.com

    ResponderEliminar
  7. Sou vegetariana, não vegana, mas procuro usar o menos possível couro e outros derivados animais, mesmo os meu sapatos, na maioria da vezes são sintéticos. Pele, nem pensar! Parabéns a Luxemburgo.
    Beijos

    ResponderEliminar
  8. Que notícia maravilhosa gente! Que outros países sigam o exemplo, o quanto antes!

    Não Me Mande Flores

    ResponderEliminar
  9. que boa noticia
    https://retromaggie.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Vivemos numa época de grandes mudanças.

    ResponderEliminar
  11. Que noticia maravilhosa mesmo!
    Tão bom ver que países estão progredindo cada vez mais pra acabar com a exploração animal :)

    ResponderEliminar
  12. Amei a notícia, deveria ser proibido em todos os países
    beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com

    ResponderEliminar
  13. Esta noticia é maravilhosa, principalmente por causa do ministro da agricultura (duvido que o nosso faça alguma coisa deste género)! Já deixei de comprar coisas com pele há muito tempo e mais pessoas deveriam fazer o mesmo. Os animais não merecem o sofrimento

    Beijinhos,
    DEZASSETE

    ResponderEliminar
  14. Que notícia MARAVILHOSA! Que leveza que deu ao meu dia!

    semquases.com

    ResponderEliminar
  15. Fico muuuuuito feliz com essa noticia! Espero que mais países façam isso também, não tem porque a gente usar pele, principalmente quando tem tanto sofrimento envolvido!

    http://blogpequenasaventuras.wordpress.com

    ResponderEliminar
  16. ainda bem. uso de pele de animais é muito tenso né?


    Beijinhos
    n. // www.fashionjacket.com.br

    ResponderEliminar